Curiosidades, dicas e sugestões de um homem no mundo alimentar. As minhas experiências, receitas e novidades que vou encontrando.
Clica se gostas da página
02
Jan
11

Para o jantar de Ano Novo, o vinho que escolhi foi um que já não bebia há algum tempo e cujo nome é engraçado: Cabeça de Burro. É um vinho do Douro. A garrafa adquirida foi um Reserva de 2007. Quando cheguei a casa dos meus pais, eles também tinham comprado uma garrafa de vinho e com outro nome engraçado: Cabeça de Toiro. Vinho do Ribatejo e também Reserva de 2007.

Coincidência engraçada. Fomos então beber "vinhos de cabeças de animais."

O do Douro é um pouco mais caro e, tendo eu mais preferência pelos vinhos do Douro, neste caso, fiquei muito surpreendido com o do Ribatejo. Gostei mais do Cabeça de Toiro do que do Cabeça de Burro. O do Ribatejo tem um sabor mais suave, mais "a vinho" e "trepava" mais pelo cérebro. Muito bom. Já está na minha lista de preferências.

 

 

 

Cabeça de Toiro e Cabeça de Burro

 

 

 

 

publicado por GV às 22:25
Siga-me no Facebook
">
pesquisar neste blog